25 de Setembro de 2021

Notícias

DIA MUNDIAL DE PROTEÇÃO AOS MANGUEZAIS

Biomassa, atividade pesqueira e produtos silvestres são alguns dos benefícios do mangue na segurança alimentar das comunidades próximas. Os mangues são ecossistemas raros, de transição entre ambientes de terra e mar, e tem sido uma barreira natural contra os efeitos das mudanças climáticas. Infelizmente, esse ecossistema corre riscos, e sua perda traria graves consequências ao planeta, pois o Mangue praticamente “alimenta” o mar.

Por isso foi criado o Dia Mundial de Proteção aos Manguezais, comemorado no dia 26 de julho para alertar governos e população sobre sua importância. A data foi celebrada pela primeira vez em 2016, principalmente devido à elevação crescente dos níveis do mar provocado pelas mudanças climáticas.

Estima-se que pelo menos ¾ das espécies de peixes marinhos de interesse comercial dependam dos manguezais para se desenvolverem. Ou seja, ele garante a integridade da faixa costeira e dos próprios oceanos, amplia a resiliência dos ecossistemas, das comunidades e da própria atividade econômica costeira.

Defesa ambiental
Os manguezais brasileiros são vulneráveis principalmente às ações do homem, pois embora haja muitas leis federais em defesa desse ecossistema, o novo Código Florestal permite a carcinicultura (cultura de camarões em cativeiro). A comemoração vem reforçar essa conscientização de instituições e da comunidade do entorno.

Os manguezais costumam estar inseridos em Unidades de Conservação de Uso Sustentável denominadas Reservas Extrativistas (Resex). Isso permite que o homem faça a extração do caranguejo-uçá, feita de forma artesanal em toda a costa brasileira. O Brasil tem fortalecido e ampliado a rede de Áreas Marinhas Protegidas, com novas UCs para preservar esse ecossistema. Falta agora uma conscientização maior de quem convive com o Mangue: ele merece nosso respeito!

#prefeituradejuremapiaui
#umnovotempoumanovahistória✨